e ainda o High, do Renzo

Óculos da cobertura na última planta da ampliação ao High Museum of Art, por Renzo Piano. (2)

O último piso é iluminado por uma luz natural, indirecta, uniforme, impessoal. O resto do edifício é isso mesmo, um vasto espaço anónimo onde as peças se encontram suspensas na impessoalidade de um branco minimalista.

Atlanta.

5 Responses to “e ainda o High, do Renzo”

  1. # Blogger veado_

    Acho sublime. Os modulos são de quê, betão?  

  2. # Blogger Joao

    Não sei... :x

    Shame on me. Mas também, aquilo está a 6 metros de altura.  

  3. # Blogger Pedro Hormigo

    p.s. sendo nos USA dificilmente estes laternins não são pré-fabricados... a qualidade é a mesma e o seu fabrico e colocação em obra são mais racionais... :-D
    só em Portugal é que o pré-fabricado é mal aceite... vá-se lá saber porquê...  

  4. # Blogger Joao

    Sim, pré-fabricados devem ser. A questão é se são de betão se são metálicos ou outro.  

  5. # Blogger Pedro Hormigo

    bem... vais ter de voltar e atirar uma moeda... não atires uma pedra, pois ainda és acusado de terrorismo :-p  

Post a Comment